Página Principal > Infectologia > Câncer em verme é transmitido a hospedeiro humano
tenia

Câncer em verme é transmitido a hospedeiro humano

Pela primeira vez na literatura, foi relatada transmissão de câncer desenvolvido em verme para hospedeiro humano. Pesquisadores do Centers for Disease Control and Prevention (CDC) investigaram o caso de um paciente HIV positivo colombiano e constataram que os tumores haviam inicialmente se originado de células cancerígenas do verme Hymenolepis nana.

A história começou em 2013 na Colômbia, onde células tumorais foram isoladas a partir de tumor em pulmão e linfonodos de um paciente HIV positivo. Ao analisar a amostra, médicos patologistas não conseguiram identificar o tipo de câncer, pois, embora as células de fato se comportassem como células cancerígenas, apresentavam características diferentes de qualquer célula humana e eram 10 vezes menores do que células humanas habituais.

Depois de ampla investigação, a análise do DNA das células cancerígenas mostraram-se pertencentes ao verme Hymenolepis nana (conhecida como tênia anã). A tênia anã apresenta todo o seu ciclo no intestino humano e costuma causar infecções assintomáticas em indivíduos imunocomprometidos (como o paciente em questão). Apenas grandes infestações costumam causar sintomas como diarreia, anorexia e dor abdominal, configurando o quadro da himenolepíase.

A surpreendente descoberta, embora seja apenas um caso isolado descrito, causa certa preocupação, dado que se estima que 75 milhões de pessoas no mundo estão, neste momento, infectadas pelo verme, e que muitos países com alta prevalência de H. nana também apresentam alta prevalência de HIV, condição, a princípio, fundamental para o desenvolvimento do quadro.

 

Referências Bibliográficas:

  • Muehlenbachs, A et al. Malignant Transformation of Hymenolepis nana in a Human Host. N Engl J Med 2015; 373:1845-1852. November 5, 2015

Comentários

Texto