Página Principal > Cardiologia > Liraglutida revelada: Os benefícios cardiovasculares do antidiabético
Pills

Liraglutida revelada: Os benefícios cardiovasculares do antidiabético

250-BANNER4Em 29 de fevereiro, a Anvisa aprovou o uso da liraglutida, um incretinomimético análogo de GLP-1, para o tratamento da obesidade. Desde 2011, a droga já era comercializada no Brasil e aprovada para o tratamento do diabetes tipo 2. Embora sua ação como antidiabético e no combate a obesidade sejam bem conhecidas, estes não parecem ser os únicos benefícios do incretinomimético.

O estudo multicêntrico LEADER (Liraglutide Effect and Action in Diabetes: Evaluation of Cardiovascular Outcome Results) demonstrou os benefícios cardiovasculares do medicamento, ao comparar o uso do mesmo em associação ao tratamento padrão, quando comparado a grupo controle com tratamento padrão e placebo.

No estudo, 9340 adultos portadores de diabetes tipo 2 de alto risco cardiovascular foram acompanhados por 5 anos. Os desfechos primários estudados foram a ocorrência de: morte cardiovascular, infarto agudo do miocárdio não fatal e acidente vascular encefálico não fatal. Os resultados demonstraram superioridade para todos os três desfechos.

Os resultados animadores tornam a liraglutida a terceira medicação antidiabética que demonstrou benefício na prevenção de desfechos cardiovasculares. Sendo esta a principal causa de morte nesta população, é possível entender a animação de um resultado tão favorável. Sua recente liberação para uso no tratamento da obesidade, deve contribuir, também, para aumentar a difusão da droga no Brasil, cuja principal limitação no momento é o alto custo de tratamento.

Além da liraglutida, a empagliflozina (cotransportador sódio-glicose) e a pioglitazona são as demais drogas que já demonstraram benefício cardiovascular, embora esta última aumente o risco de ganho de peso e insuficiência cardíaca.

Acesse os melhores conteúdos em medicamentos e tratamento do diabetes e obesidade, baixe gratuitamente o Whitebook Clinical Decision.  O aplicativo #1 na tomada de decisão clínica!

 

 

Referências Bibliográficas:

 

Comentários

Texto