Página Principal > Medicina Interna > Tudo que você precisa saber sobre o H1N1

Tudo que você precisa saber sobre o H1N1

250-BANNER5Uma das perguntas mais frentes sobre a possibilidade de um novo surto de H1N1 é: existe realmente tantos motivos para tamanho pânico? Bom, os números mostram que sim. Estamos apenas no quarto mês do ano e já foram registradas 46 mortes, mais que 2015 inteiro que registrou 36 casos de falecimento causados pela infecção.

Leia também: Novo surto de H1N1 pode se espalhar no inverno

Diante de tamanha preocupação com a propagação da doença e a necessidade de saber como se prevenir da mesma, resolvemos separar algumas informações importantes que ajudam médicos e a população no combate ao H1N1.

Os principais pontos são:

– Dias de vacinação

A partir de hoje os profissionais de saúde já podem ser vacinados. No dia 11 deste mês gestantes, crianças de 6 meses a 5 anos e idosos serão imunizados, já as mulheres que acabaram de ter bebês, pessoas com doenças crônicas e outros grupos receberão a vacina no dia 18 de abril.

– Sintomas

Febre alta e súbita, tosse, dor de garganta, dor no corpo, dor nas articulações e dor de cabeça.

– Vacinação na rede pública

O ministério da Saúde  anunciou que a campanha nacional vai começar no dia 30 de abril e vai até o dia 20 de maio. A exceção é o estado de São paulo, que por ter registados alguns casos de forma muito precoce já teve algumas doses da vacina liberada.

– Tratamento do H1N1

Caso o paciente não consiga evitar a doença o tratamento mais apropriado é: boa hidratação, repouso e uso do antiviral específico, sempre prescrito pelo médico.

 

500x250banner2

 

Existem algumas maneiras de se prevenir da infecção como lavar sempre as mãos e frequentar ambientes ventilados. Outro adendo muito importante é que quem tomou a vacina no ano passado, 2015, não está protegido este ano, pois a quantidade de anticorpos diminui ao longo dos meses, reduzindo o grau de proteção.  

E para casos de dúvidas basta acessar o WHITEBOOK! Lá você encontra todo o tratamento para as infecções causadas pelo vírus Influenza!

Comentários

Texto