Página Principal > Emergências > Como realizar o diagnóstico de delirium?
Depositphotos_31712899_original

Como realizar o diagnóstico de delirium?

Nesta semana em conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision, apresentamos: Como realizar o diagnóstico de delirium?

As melhores condutas para tratamento de delirium e agitação psicomotora você encontra no:  Whitebook Clinical Decision!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

250-BANNER3Definição: Distúrbio agudo da consciência associado a alteração da cognição, não atribuída a quadro demencial prévio, com flutuação ao longo do dia. O delirium costuma acompanhar um sofrimento orgânico difuso, no qual o SNC é apenas um dos órgãos afetados. A presença de delirium é um sinal de prognóstico ruim, indicando aumento da morbimortalidade associada ao quadro subjacente.

Não há consenso sobre a distinção entre delírio e estados de confusão mental. Os termos “estado confusional agudo” e “encefalopatia” são muitas vezes usados como sinônimo de delirium. O termo mais geral “confusão” é usado para indicar um problema com o pensamento coerente. Pacientes confusos são incapazes de pensar com velocidade normal, clarezaou coerência. Confusão é tipicamente associada com um sensório deprimido e uma reduzida capacidade de atenção.

Suspeita Clínica: O diagnóstico parte da suspeita do quadro de desorientação. Em geral, os principais sinais e sintomas apresentados são:

  • Alteração do nível de consciência;
  • Comprometimento da atenção;
  • Alteração do funcionamento  cognitivo;
  • Aumento ou diminuição das atividades psicomotoras;
  • Alteração do ciclo sono-vigília;
  • Transtorno emocional associado.

CAM-ICU

 

Quadro Clínico:

  • Presença das três características fundamentais: Distúrbio do estado de vigilância e aumento da distração; incapacidade de realizar série de movimentos com objetivo definido; incapacidade de manter pensamento coerente;
  • Pródromo: Queixas de fadiga, distúrbios do sono (sonolência diurna excessiva ou insônia), depressão, ansiedade, inquietação, irritabilidade e hipersensibilidade à luz ou som. Com a progressão há distúrbios de percepção e de comprometimento cognitivo;
  • Curso temporal: Desenvolve-se ao longo de horas a dias e tipicamente persiste por dias a meses. A agudeza da apresentação é o recurso mais útil em diferenciá-lo da demência. Além disso, apresenta características instáveis, tornando-se geralmente mais grave durante a noite;
  • Quadro psiquiátrico pode vir acompanhado de alucinações ou ilusões (principalmente visuais e táteis), desorientação, agitação ou apatia, déficit de memória e distúrbios do sono;
  • Podem ocorrer tremores, flapping e mioclonias;
  • Sinais da doença subjacente.

Leia o nosso post sobre Síndrome Pós-Hospitalização e Quais antibióticos causam delirium?

Exames Complementares:

  • Glicemia capilar (1º exame): Deve ser solicitada em todo paciente admitido com rebaixamento do nível de consciência, confusão e agitação;
  • Exames específicos para causa subjacente;
  • Exames úteis para rastreio da causa subjacente:
    • Hemograma completo;
    • Eletrólitos;
    • Uréia e creatinina;
    • EAS + Urocultura;
    • Radiografia de tórax;
    • Eletrocardiograma.

Diagnóstico diferencial: Algumas doenças psiquiátricas apresentam importante diagnóstico diferencial com o delirium, devendo ser excluídas na suspeita do mesmo:

  • Demência;
  • Esquizofrenia;
  • Depressão;
  • Psicose de Korsakoff;
  • Afasia de Wernicke.

Junte-se aos mais de 70 MIL médicos de todo o Brasil e mantenha-se atualizado. Baixe o Whitebook Clinical Decision! O aplicativo #1 dos médicos brasileiros!
728

 

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia-a-dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Comentários

Texto