Página Principal > Colunistas > Usar jaleco branco faz diferença?
Doctor writing a prescription, on the white background with x-ra

Usar jaleco branco faz diferença?

bAparentemente sim. Uma pesquisa realizada na University of Miami Miller School of Medicine, Florida, e publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA Dermatology), apontou que pacientes preferem médicos com boa aparência e usando jaleco branco, principalmente entre dermatologistas.

O estudo relata ainda que pacientes e médico constroem rapidamente opinião um sobre o outro no inicio da primeira consulta, e que isto influenciará em todo relacionamento médico-paciente.

A pesquisa ainda apontou que a percepção do paciente sobre o conhecimento técnico e habilidades do médico é influenciada pela aparência física. Inclusive demonstrou-se que em outras áreas, este tipo de percepção, afeta inclusive o desfecho do paciente quando falamos de qualidade de vida, depressão, níveis de colesterol, hipertensão e hemoglobina A1C.

Segundo os autores da pesquisa, esta percepção é baseada na vestimenta do médico e, desta maneira, é possível que o traje do médico possa afetar nos resultados do paciente.

Leia também:

A pesquisa avaliou 255 pacientes de dermatológicos, mostrando para cada um destes uma série de fotos que contava com médicos e médicas, brancos e negros, em quatro vestimentas diferentes: traje de negócios (terno e gravata), traje profissional (jaleco branco e gravata), traje cirúrgico e casual (camiseta e jeans). Cada uma das séries apresentava o médico ou médica nos 4 trajes simultaneamente. Em seguida os pacientes foram indicados a responder qual médico preferiam em resposta a várias perguntas.

Avaliando todas as respostas, 73% dos pacientes preferiram o traje profissional, 19% o traje cirúrgico, 6% o traje de negócios e 2% o traje casual. O traje cirúrgico foi preferido ao profissional nos casos de situação de emergência (49% vs. 47%; P <0.001).

ban

A conclusão do estudo apontou que pacientes dermatológicos preferem médicos em roupa profissional, a qualquer outro tipo de roupa, e que pacientes tiram conclusões sobre o seu médico com muito pouca interação. Assim, esta primeira percepção influenciaria como os pacientes interpretarão e aceitarão as recomendações médicas.

A aderência ao tratamento é um dos grandes desafios do século XXI. Uma boa relação médico paciente é fundamental para o sucesso do tratamento, e a confiança estabelecida de ambos os lados rege o comportamento durante o diagnóstico e terapêutica.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

banner

Referências bibliográficas:

  • Patient Preference in Dermatologist Attire in the Medical, Surgical, and Wound Care Settings –  JAMA Dermatol. Published online June 01, 2016. doi:10.1001/jamadermatol.2016.1186

 

Comentários

Texto