Página Principal > Psicologia Médica > Exercícios físicos ajudam no tratamento da depressão

Exercícios físicos ajudam no tratamento da depressão

250-BANNER6Médicos já podem considerar mais uma opção para o tratamento de pacientes com depressão: exercícios físicos. Em um estudo recente, as atividades melhoraram o funcionamento psicossocial e a qualidade de vida em doentes que tiveram apenas uma resposta parcial aos antidepressivos.

Diversas pesquisas já mostraram que fazer exercício pode ser um tratamento eficaz para a depressão (de ligeira a moderada), embora a teoria ainda sofra com problemas metodológicos. Em um novo estudo de 12 semanas, cuidadosamente projetado, randomizado e controlado, os investigadores examinaram os efeitos de se exercitar na qualidade de vida em 122 adultos com transtorno depressivo maior não-psicótico, e que responderam apenas parcialmente ao tratamento com inibidores da recaptação da serotonina (homens e mulheres com idade média de 48 anos).

Os participantes foram divididos em dois grupos, alta e baixa dose de exercício aeróbico individualizada (16 kcal/kg ou 4 kcal/kg, respectivamente). A intervenção de alta dose foi projetado para atender as atuais recomendações de saúde pública de ≥ 150 minutos por semana de exercício de intensidade moderada. Os pesquisadores não fizeram exercícios em grupo, para minimizar efeitos sociais não relacionados com o exercício. Os resultados foram ajustados para a gravidade dos sintomas depressivos, raça, sexo, histórico familiar de doença mental.

500x250-1

Os dois grupos relataram melhorias significativas no funcionamento psicossocial e na qualidade de vida, incluindo melhorias na saúde ou trabalho, relações sociais/interpessoais e satisfação com a vida. Em alguns itens do questionário, o grupo de altas doses apresentou respostas mais positivas.

Os estudos reforçam a evidência que o exercício é um tratamento eficaz para a depressão, e os médicos devem considerar atividade física como parte do plano de tratamento para seus pacientes.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/da.22521/abstract;jsessionid=82E9F5B53E6DDB8261C9149BC082C2B3.f02t04

Comentários

Texto

Deixe uma resposta