Página Principal > Psicologia Médica > Depressão: Diagnóstico (Conduta Médica em Psiquiatria – Whitebook)

Depressão: Diagnóstico (Conduta Médica em Psiquiatria – Whitebook)

250-BANNER6Nessa semana, publicamos três matérias falando sobre depressão: Pokemon Go está ajudando pessoas com depressão e ansiedadeEntenda como a Hipertermia pode ajudar no tratamento da depressãoExercícios físicos ajudam no tratamento da depressão. Aproveitamos esse gancho, para trazer em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision: Depressão – Diagnóstico.

As melhores condutas em Psiquiatria você encontra no: Whitebook Clinical Decision! Baixe grátis.

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.
Introdução: Síndrome clínica caracterizada por humor deprimido, diferente de tristeza, e que envolve, principalmente, a perda de vontade, prazer e satisfação. Acomete uma grande parte da população mundial, sendo considerada incapacitante e responsável por grande prejuízo econômico.

Principais fatores de risco:
– Sexo Feminino;
– Pacientes com câncer, doença coronariana ou internados;
– História familiar em parentes de primeiro grau;
– História de evento estressante físico ou psíquico;
– Pensamentos repetidos de culpa, derrota, fracasso ou desamparo;
– Morte de ente querido;
– Separação conjugal;
– Demissão do trabalho ou estresse econômico;
– Lesão corporal;
– Dependência química;
– Abstinência química;
– Doenças endócrinas;
– Colagenoses;
– Distúrbios nutricionais;
– Doenças do SNC;
– Doenças infecciosas;
– Medicamentos:Anfetamina, opiáceos, metildopa, vincristina, antipsicóticos, benzodiazepínicos, psicoestimulantes, contraceptivos orais, dissulfiram, reserpina, vimblastina, cimetidina, ciproeptadina e esteróides.

Critérios Diagnósticos – Transtorno Depressivo Maior (DSM-V): Apresentar cinco dos sintomas abaixo, sendo que, obrigatoriamente, o sintoma 1 OU 2 deve(m) estar presente(s):
– Humor deprimido na maior parte do dia, quase todos os dias;
– Interesse ou prazer marcadamente diminuídos em relação a todas ou quase todas as atividades, quase todos os dias;
– Perda ou ganho de peso significativo;
– Insônia ou sono excessivo quase todos os dias;
– Agitação ou lentidão psicomotora quase todos os dias;
– Fadiga ou perda de energia quase todos os dias;
– Sentir-se sem valor ou com culpa excessiva, quase todos os dias;
– Habilidade reduzida de pensar ou se concentrar, quase todos os dias;
– Pensamentos recorrentes sobre morte, pensamentos suicidas sem um plano, tentativa de suicídio ou plano para cometer suicídio.
ATENÇÃO! Os sintomas precisam causar impacto significativo no convívio social, no trabalho ou outras áreas.

ban

Abordagem Diagnóstica

Sinais e sintomas obrigatórios:
– Anedonia;
– Fadiga;
– Humor deprimido.
– Outros sintomas:
– Redução da autoconfiança e da autoestima;
– Perda da esperança com o futuro;
– Insônia ou hipersonia;
– Abulia;
– Prejuízo na concentração e memória;
– Distúrbios do apetite;
– Pensamentos suicidas;
– Percepção inadequada da culpa;
– Sentimento de perseguição;
– Dores inespecíficas e generalizadas;
– Lentidão ou agitação;
– Irritabilidade;
– Disfunção da libido;
– Sintomas psicóticos;
– Alucinações transitórias.

Diagnóstico diferencial:
– Sintomas depressivos durante período de doença;
– Definir possibilidade de transtorno bipolar (incluindo o fato que antidepressivos podem desencadear um episódio maníaco);
– Certificar-se que não há: Dor crônica, pressão social e estresse, desmoralização ou efeitos colaterais de medicações.

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia-a-dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Comentários

Texto

Deixe uma resposta