Página Principal > Saúde & Tecnologia > Conheça os médicos brasileiros que revolucionaram a medicina
doctor-563428_1280

Conheça os médicos brasileiros que revolucionaram a medicina

250-BANNER3Parte do grupo mundial de excelência da medicina, além de cuidar dos seus pacientes, esses médicos revolucionaram as suas áreas, desenvolvendo novas técnicas e cirurgias que mudaram os padrões de conduta. Relembre os médicos que se destacaram no Brasil:

1) José Osmar Medina Pestana é o criador e responsável do Hospital do Rim, em São Paulo, o maior centro de transplantes público do mundo. A unidade faz mais de mil transplantes por ano e já ajudou mais de 12 mil pessoas, todas pelo sistema de saúde pública. Não há pacientes particulares mo Hospital do Rim: 90% dos tratamentos são pagos pelo SUS e o restante por convênios.

2) João Pedro da Silva revolucionou a cirurgia para tratar a Anomalia de Ebstein em crianças, realizada para corrigir uma má-formação congênita, que impede o sangue de circular pelo coração. Antes dele, o paciente tinha que passar por operações a cada dez anos para corrigir a má-formação, mas graças à sua técnica, que consiste em criar um cone com o tecido do próprio paciente, não há mais necessidade de novas cirurgias.

3) José Eduardo Souza foi o primeiro médico a fazer cateterismo no Brasil e e é o criador do stent. Em 1966, ele presenciou o primeiro exame de cateterismo nos EUA e foi responsável por importar a técnica e realizá-la, pela primeira vez, no Brasil. Em 1999, José desenvolveu o Stent, implante de aço inoxidável, via catéter. Mais tarde, evoluiu a técnica com Rapamicina, que teve sucesso total em várias artérias coronárias.

85000

4) José Carlos Pachón Mateos é conhecido por criar métodos pouco invasivos para tratar pacientes com arritmias grave, com, em média, apenas 3 dias de repouso. Cientista e médico, José é diretor do Serviço de Arritmia do HCor e o responsável pelo Setor de Estimulação Cardíaca Artificial do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Graças ao seu trabalho, a necessidade de abrir o peito e o tórax do paciente é cada vez menor, pois grande parte das doenças cardíacas pode ser tratada com um catéter e o auxílio de computadores.

5) Antônio de Salles criou o marca-passo cerebral, responsável por revolucionar o tratamento da obesidade e do Alzheimer. Fundou o Serviço de Radio-Cirurgia e Estereotaxia (intervenções pouco invasivas, como biópsias) nos EUA, do qual ainda é diretor. A primeira cirurgia para implantação de marca-passos no cérebro foi feita por sua equipe em 1996. De lá para cá, já foram implantados mais de 600 aparelhos.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências: http://gq.globo.com/Corpo/Saude/noticia/2013/11/doutor-tipo-exportacao.html

Comentários

Texto

Deixe uma resposta