Página Principal > Saúde & Tecnologia > 9 dicas para negociar um aumento salarial (parte 1)

9 dicas para negociar um aumento salarial (parte 1)

250-BANNER6Está na hora de renovar seu contrato, mas você não sabe como pedir um aumento salarial? Enquanto alguém no setor empresarial argumentaria um aumento com base no seu desempenho e sucesso em ajudar a organização a alcançar seus objetivos, a negociação para o médico pode não ser tão simples assim. Então, como fazer isso da melhor maneira possível? Especialistas dizem que existem alguns passos para ajudá-lo nesse caso:

Seja corajoso ao pedir: o vice-presidente de RH da Merritt Hawkins, uma companhia de saúde norte-americana, explica que, muitas vezes, os médicos estão insatisfeitos com seu salário ou horários, mas simplesmente não pedem o que querem.

Veja mais: Os médicos estão cansados. E os motivos parecem evidentes

Isso é um problema para todas as partes, porque, ao invés de tentar resolver suas insatisfações com seus empregadores atuais, eles procuram novas posições – um processo que é caro para os empregadores e difícil para os médicos e suas famílias.

Abrir uma linha de comunicação com um pedido simples – “podemos reavaliar meu contrato?” – oferece a todos uma oportunidade para começar a abordar esses pontos de atrito. Ele permite que o médico explique sua situação e faz com que o empregador esteja ciente dos problemas, antes que eles evoluam para uma possível demissão. Você pode agendar uma reunião com seu chefe um ou dois meses antes que seu contrato expire, assim vocês terão tempo para explorar o que pode ser feito.

Em alguns casos, mulheres podem ter mais problemas para pedir um aumento do que os homens. Linda Babcock, professora de economia em Pittsburgh e co-autora de livros sobre negociação e discriminação entre sexos, explica que um dos principais problemas é que as mulheres, ao contrário dos homens, muitas vezes não pedem o que querem. Dados indicam que os homens iniciam negociações cerca de quatro vezes mais do que as mulheres.

500x120-CIRURGIA

Saiba o que é razoável: é importante ter expectativas realistas. Peça um valor justo e leve em consideração a situação do local em que você trabalha. Pedir um aumento muito alto, trabalhando em um hospital que não consegue nem pagar as contas no final do mês é irreal.

Compreenda a posição da outra pessoa: se você está negociando de uma posição de puro interesse, não espere ir muito longe. Mas se você puder provar que pode ajudar a outra parte a alcançar os seus objetivos, você estará mais propenso a alcançar o seu próprio objetivo.

Hospitais estão sempre lutando para pagar as contas, com vários problemas de volume de negócios e outros profissionais. É comum que os hospitais peçam para médicos cobrirem o horário de outros funcionários, porque alguém está doente ou com algum outro problema pessoal. Ao invés de usar isso para exigir mais dinheiro, é aconselhável ter uma visão a longo prazo da situação. Use a oportunidade para cultivar a boa vontade e construir um relacionamento. Esse é o tipo de profissional que os superiores vão lembrar e tentar ajudar futuramente.

Saiba se vender: como qualquer outro profissional, os médicos precisam saber se vender. Simplesmente falar que é um bom médico não é o suficiente para construir um argumento forte a seu favor. Então, como fazer isso? Verifique se você sabe o seu valor, esse deve ser o fator fundamental do seu argumento. Avalie seu valor para a organização de várias maneiras e tenha dados para apoiá-la.

  1. Tenha um olhar crítico sobre o seu desempenho. Não é o suficiente prestar um bom atendimento e cumprir seus horários, pois isso já é esperado. Conheça a sua produtividade em relação aos outros. Como você se sai quando se trata de métricas de qualidade e satisfação do paciente? Você serve em uma posição de liderança ou em comitês? Antes de entrar em negociações, dê uma olhada no espelho.
  2. Olhe para o seu valor para a organização. Quais são as metas e objetivos do seu hospital ou grupo? O que especificamente você tem feito para promovê-los?
  3. Compreenda o seu valor no mercado. A demanda por diversas especialidades aumenta e diminui o tempo todo. Médicos em sua especialidade podem ter salários mais altos hoje do que eram quando assinou seu último contrato.

Vamos mostrar mais dicas para negociar um aumento na segunda parte desse artigo.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências:

  • Shelly Reese. How to Negotiate the Best Raise Possible. Medscape. Jul 27, 2016.

Comentários

Texto

Deixe uma resposta