Página Principal > Neurologia > Como os distúrbios do sono estão relacionados ao AVC

Como os distúrbios do sono estão relacionados ao AVC

Distúrbios do sono são predominantes em pacientes que sofreram AVC. Estudos recentes sugerem que eles são tanto um fator de risco, como uma consequência, afetando a recuperação e a recorrência. Uma nova avaliação, publicada na revista Neurology, analisa os tipos de distúrbio do sono observados no AVC, suas associações com risco de novos incidentes e os efeitos do tratamento.

500x250banner2

Distúrbios respiratórios do sono (DRS)

DRS incluem apneia obstrutiva e central, diagnosticada por um índice de apneia-hipopneia de ≥ 5 eventos por hora. Distúrbios respiratórios do sono são comuns após um AVC agudo. Aqueles com DRS são, pelo menos, duas vezes mais propensos a ter um AVC.

Apneia obstrutiva com um índice de ≥15 ou ≥20 eventos por hora está associada com um risco aumentado de morte ou recorrência de AVC. O tratamento desses distúrbios podem melhorar a recuperação do paciente.

Hipersonia / Sonolência excessiva diurna

Hipersonia ou sonolência excessiva diurna podem acompanhar AVCs nas áreas subcortical e ponto-mesencefálico. Um estudo mostrou maior necessidade de sono em quase metade dos pacientes avaliados entre 21 e 18 meses pós-incidente. Os sintomas podem melhorar ou persistir depois de alguns meses. Dormir ≥ 8 a 9 horas por dia pode levar a um risco 45% maior para AVC.

Insônia

A prevalência de insônia pode ser de 50% após um AVC. Ponto-mesencefálico, talâmico paramediano e acidentes vasculares cerebrais no córtex pré-frontal dorsolateral podem levar à insônia. Sono de ≤ 6 horas tem sido associado a um risco 15% maior para AVC. Tratamentos medicamentosos apresentaram resultados mistos.

b

Mais sobre AVC:

– Veja os principais pontos da atualização nas diretrizes de prevenção do AVC
– Forame oval patente e acidente vascular cerebral – novas recomendações
– Alto consumo de chocolate pode reduzir risco de doença cardiovascular e cerebrovascular

Síndrome das Pernas Inquietas / Movimentos periódicos dos membros

A Síndrome das Pernas Inquietas é um impulso noturno de mover as pernas, que piora com o repouso e melhora com o movimento. Movimentos periódicos dos membros são movimentos da perna vistos em polissonografia e podem ser vistos no lado contralateral de um AVC. Agonistas dopaminérgicos podem melhorar os sintomas.

Distúrbio de comportamento do sono REM

Está associado com o comportamento clínico do sonho, confirmada pelo sono REM sem atonia, em polissonografia. O distúrbio é, provavelmente, associado a infartos do tronco cerebral. Incidentes de risco para AVC são desconhecidos.

A publicação conclui que os distúrbios respiratórios do sono e transtorno do ciclo vigília-sono aumentam o risco de AVC na população em geral, e afetam a recuperação a curto e longo prazo. Por isso, uma avaliação do sono deve ser considerada pelos médicos.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências:

Comentários

Texto

Deixe uma resposta