Página Principal > Neurologia > Teste de olfato x ressonância magnética: qual é o melhor para detectar declínio cognitivo?

Teste de olfato x ressonância magnética: qual é o melhor para detectar declínio cognitivo?

Um novo estudo americano indica que testes “raspe-e-cheire” para identificar odores podem ser mais eficazes do que ressonância magnética para prever declinio cognitivo no paciente.

500x250banner2

O estudo foi realizado com 397 pacientes, com idade média de 79 anos, sem sinais de demência, submetidos a testes de olfato e ressonância magnética. Durante o período de quatro anos, 19,8% apresentaram declinio cognitivo.

Foram avaliadas a espessura do córtex entorrinal e a pontuação do teste raspe-e-cheire, bem como a interação de ambas. Foram feitos também ajustes por idade, sexo, anos de escolaridade, desempenho funcional e volume intracraniano.

Veja também: ‘Exercício físico pode diminuir em 10 anos a perda cognitiva’

O estudo constatou que os testes de olfato foram mais eficazes para prever o declínio cognitivo (razão de chances 1,49 para cada desvio-padrão; P = 0,005) do que a ressonância magnética (HR, 1,50 para cada desvio-padrão; P = 0,012).

Os resultados confirmam a hipótese dos pesquisadores de que a identificação de odores pode ser o melhor indicador de quem irá evoluir para doença de Alzheimer.

250-BANNER3Atenção aos resultados

No entanto, os pesquisadores fazem uma importante ressalva: o teste de olfato melhora a precisão do diagnóstico, mas não é o diagnóstico em si.

Isso se deve ao fato de que existem muitos falsos-positivos entre fumantes e pessoas com problemas respiratórios, por exemplo. O teste é útil quando já se sabe que o paciente não apresenta nenhuma dessas condições.

Quando esses problemas são descartados, mas ainda há dúvidas, exames de imagem devem ser solicitados, para um diagnóstico preciso.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • Alzheimer’s Association International Conference (AAIC) 2016. Abstract 03-12-02. Presented July 26, 2016.
  • Scratch-and-Sniff Test Beats Imaging in Predicting Cognitive Decline. Medscape. Aug 03, 2016.

Comentários

Texto

Deixe uma resposta