Página Principal > Medicina Interna > Setembro Amarelo: veja os sinais para um possível suicídio
Divulgação/CAPS
Divulgação/CAPS

Setembro Amarelo: veja os sinais para um possível suicídio

Dados da OMS mostram que, a cada 40 segundos, uma pessoa tenta se suicidar. Quantas vidas poderiam ser salvas se as doenças psiquiátricas fossem melhor tratadas e menos estigmatizadas? Criada pela Associação Internacional de Prevenção do Suicídio, a campanha Setembro Amarelo tem por objetivo atacar esse preconceito através da prevenção ao suicídio e a defesa da vida.

500x120-amarelo

A OMS afirma que 90% dos suicídios poderiam ser prevenidos. Os profissionais que mais sofrem com esse problema são indivíduos com emprego na agricultura, pesca e silvicultura têm as mais altas taxas de suicídio, seguido por aqueles que trabalham na construção civil.

O suicídio entre os médicos também é preocupante, pois as taxas estão em uma crescente. É imprescindível estar sempre alerta aos sinais para um possível suicídio. São eles:

  • Falar ou pensar recorrentemente em morrer ou matar-se;
  • Depressão sem melhora após tratamento;
  • Tomar riscos que podem levar a morte, assumindo a morte como um destino tentador;
  • Perda completa no interesse pelas coisas que costumava interessar-se;
  • Fazer comentários sobre sentir-se sem esperança e inútil;
  • Dizer sentir uma dor incurável;
  • Dizer frases como: “seria melhor se eu não estivesse aqui” ou “sou um fardo para os outros”;
  • Subitamente mudar de muito triste para muito calmo ou parecer muito feliz;
  • Visitar ou ligar para pessoas com objetivo de se despedir.

A melhor arma contra o suicídio continua sendo a informação. Para isso, o Conselho Federal de Medicina publicou uma cartilha para orientar as pessoas sobre definição, as barreiras para prevenção, abordagem, etc.

250-BANNER5

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Comentários

Texto

Deixe uma resposta