Página Principal > Emergências > Extubações feitas de madrugada são mais perigosas para os pacientes

Extubações feitas de madrugada são mais perigosas para os pacientes

Já falamos por aqui que pacientes operados de madrugada têm mais chances de morrer. Agora, um novo estudo aponta outro risco: extubações feitas durante esse período também estão associadas a resultados piores do que aquelas feitas durante o dia.

500x120-CIRURGIA

Pesquisadores do JAMA Internal Medicine fizeram um estudo retrospectivo de diversos casos para chegar às seguintes conclusões:

  • Pacientes que estiveram sob ventilação mecânica por menos de 12 horas e se submeteram a extubação durante a noite tiveram maior mortalidade na UTI (5,6% vs. 4,6%, p = 0,03) e maior mortalidade hospitalar (8,3% vs. 7,0 %, P = 0,01).
  • Pacientes entubados por mais de 12 horas também tiveram resultados piores: mortalidade na UTI (11,2% vs. 6,1%, p <0,001) e mortalidade hospitalar (16,0% vs 11,1%, p <0,001).

Veja também: ‘Pneumonia associada à ventilação mecânica: diagnóstico, tratamento e como reduzir sua incidência

No entanto, os pesquisadores alertam que as conclusões do estudo ainda não permitem afirmar que extubações feitas de madrugada façam mal ao paciente. Eles reconhecem que existem circunstâncias em que a retirada da ventilação mecânica durante esse período pode até mesmo conferir algum benefício.

A intenção dos pesquisadores é que o estudo faça com que os médicos sejam mais cautelosos na hora de optar pelo procedimento, até que dados mais definitivos sejam liberados.

250-BANNER3

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • Association Between Overnight Extubations and Outcomes in the Intensive Care Unit. JAMA Intern Med. Published online September 06, 2016. doi:10.1001/jamainternmed.2016.5258.

Comentários

Texto

Deixe uma resposta