Página Principal > Gastroenterologia > Diretrizes: você testa seu paciente para hepatite B antes de tratar a C?
Green virus

Diretrizes: você testa seu paciente para hepatite B antes de tratar a C?

Antes de iniciar o tratamento antiviral para a infecção pelo vírus da hepatite C, os pacientes devem ser rastreados para o vírus da hepatite B, de acordo com uma orientação atualizada das diretrizes.

500x120-rosa

A diretriz foi atualizada após relatos de casos de reativação do vírus B em doentes co-infectados com hepatite B e C, que estavam sendo tratados com terapia antiviral para a C.

Os pesquisadores acreditam que a reativação pode ter a ver com uma rampa na replicação da hepatite B e não uma toxicidade específica de uma droga, já que os relatos não especificavam uma terapia.

Em geral, recomenda-se que os pacientes com hepatite C sejam avaliados para a B, mas muitas vezes os médicos não seguem adiante com o teste. Por isso e tendo em conta os relatos, o painel decidiu reiterar a importância dos testes para a B antes de iniciar o tratamento da C. A vacinação para a B também foi recomendada para indivíduos suscetíveis.

Veja também: ‘SUS começa a oferecer teste rápido para diagnosticar hepatite’

Caso indivíduos com hepatite C testem positivo para a B, os médicos devem determinar se o tratamento da B é justificado, de acordo com a diretriz atual. Nos pacientes que satisfazem os critérios de tratamento, este deve ser iniciado antes ou ao mesmo tempo que a terapia com antivirais para a C.

Pacientes com níveis baixos ou indetectáveis de hepatite B, que não cumprem os critérios para o tratamento, devem ser cuidadosamente monitorados durante a terapia antiviral para C.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER5

Referências:

 

Comentários

Texto

Deixe uma resposta