Página Principal > Saúde & Tecnologia > Pesquisa PEBmed: você está satisfeito com seu rendimento financeiro?
financas

Pesquisa PEBmed: você está satisfeito com seu rendimento financeiro?

A PEBmed fez uma pesquisa com mais de 4 mil médicos para entender melhor a realidade da profissão no Brasil. Os resultados mostram que os profissionais estão insatisfeitos com a rotina de trabalho e um dos aspectos apontados por eles foi o rendimento financeiro.

500x120-usuarios

Perguntamos aos participantes “Você está satisfeito com seu rendimento financeiro?” e quase 60% responderam que estão pouco satisfeitos. Existe uma crença popular de que o médico “ganha bem”, mas, na prática, não é bem esse o caso.

Mais sobre a pesquisa da PEBmed: ‘Que tipo de profissional você prefere ser?’

É muito comum, principalmente nos primeiros anos após a faculdade, que o médico pegue plantões em diversos hospitais para pagar as contas, se submetendo a cargas horárias abusivas. O Dr. João Pedro Corrêa dá sua opinião sobre o assunto e fala de um possível cenário nada animador:

“A verdade é que muita coisa mudou e a formação não acompanhou essas mudanças. O retorno financeiro não é o mesmo de outrora. A reserva de mercado também já não é tão forte. A qualidade dos cursos de medicina cai de forma inversamente proporcional ao surgimento de novas escolas. Honorários despencam e taxas de burnout disparam. Não me surpreenderia daqui a poucos anos ver médicos formados dirigindo Uber.”

Dessa maneira, forma-se uma combinação perigosa: a carga horária excessiva aumenta ainda mais a pressão na rotina da profissão, levando a um isolamento social e ao burnout. E, como já falamos por aqui, a classe médica é a que mais sofre com essa síndrome.

Veja também: ‘Não deixe o burnout derrubar você’

Esse problema afeta principalmente os profissionais da rede pública. A saúde no Brasil passa por uma de suas piores crises e os hospitais estão na UTI. Tanto a população quanto os profissionais sofrem as consequências desse problema, que não tem previsão de melhora. Por isso, é preciso agir!

Como gerenciar melhor meu dinheiro?

O primeiro passo para cuidar melhor do seu rendimento é saber onde o dinheiro está sendo gasto. Existem vários aplicativos que podem te ajudar a registrar os gastos diários, de maneira rápida e prática.

Depois de fazer essa análise, é hora de ver onde você pode começar a cortar os gastos. Por exemplo, para que você precisa de uma assinatura caríssima de TV a cabo, quando você passa a maior parte do tempo fora de casa? Mas não abra a mão das atividades que te fazem feliz. É muito importante ter hobbies e cuidar da própria saúde.

banner

Durante a semana, faremos artigos especiais mostrando mais resultado da pesquisa. Fique ligado!

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Comentários

Texto

Deixe uma resposta