Página Principal > Infectologia > Casos de cólera disparam no Haiti após furacão

Casos de cólera disparam no Haiti após furacão

Na última semana, o furacão Matthew atingiu o Haiti, tirando a vida de mais de mil pessoas. Sem recursos básicos como água potável, comida e abrigo, o número de infectados com cólera têm aumentado rapidamente, agravando ainda mais a crise na saúde pública.

500x120-amarelo

A agência americana Reuters visitou um hospital da região de Port-a-Piment para analisar a situação. De acordo com o relato, com pacientes chegando a cada 10-15 minutos, os médicos já tinham registrado 60 casos de cólera e quatro óbitos por causa da doença.

A previsão dos profissionais é que esse número aumente nos próximos dias, já que a região não está recebendo recursos básicos. Os hospitais também sofrem com escassez de ambulâncias e medicamentos.

Segundo o relato, nas ruas, a situação é precária. Quase todas as casas e campos de plantação foram destruídos pelo furacão. Mesmo cientes do surto de cólera na região, moradores não têm outra opção a não ser beber água contaminada por animais mortos.

Diversas nações, inclusive o Brasil, enviaram ajuda ao Haiti, mas com a destruição de regiões inteiras, os recursos demoram muito para chegar à população.

250-BANNER3

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • ‘Like A Nuclear Bomb,’ Cholera and Destruction After Hurricane in Haiti. Medscape. Oct 10, 2016.

Comentários

Texto

Deixe uma resposta