Página Principal > Infectologia > Sociedade Brasileira de Pediatria inclui vacina da dengue em seu calendário
vacina

Sociedade Brasileira de Pediatria inclui vacina da dengue em seu calendário

Nessa semana, a vacina da dengue passou a fazer parte do calendário de vacinação da criança e do adolescente, da Sociedade Brasileira de Pediatria. A preocupação da entidade é oferecer orientações adequadas para a população brasileira sobre como prevenir a doença.

500x120-rosa

Em julho, a Anvisa autorizou a comercialização da vacina da dengue fabricada pela empresa francesa Sanofi Pasteur, mas apenas o Paraná tem distribuído o produto em sua rede pública.

O Comitê Técnico Executivo da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos estipulou que o valor cobrado pela vacina deve variar entre R$ 132,76 e R$ 138,53, mas o produto tem sido comercializado por R$ 915 em algumas clínicas.

Veja também: ‘Calendário nacional de vacinação do Ministério da Saúde para 2016’

Vacina da dengue

Indicação: Pessoas de 9 a 45 anos de idade. Fora desta faixa etária a eficácia é baixa, e, portanto, não recomendada. Isso não significa que pacientes fora da faixa etária não se beneficiam da vacinação. Visto que a imunização em massa diminuiria muito a circulação do vírus, e, consequentemente, todos seriam beneficiados (basta entender que o mosquito precisa contrair o vírus a partir de um indivíduo doente antes de transmiti-lo a um saudável).

Contra-indicações: Pacientes portadores de imunossupressão e gestantes.

Cobertura: Apresenta cobertura a todos os 4 sorotipos de dengue (1-4). Não apresenta cobertura para outros flavivírus como o Zika e o Chikungunya. Portanto, medidas de combate ao mosquito continuam sendo as mais eficazes.

Administração: Injetável por via subcutânea.

Aplicação: 3 doses com intervalo de 6 meses entre cada uma. Sendo, portanto, necessário cerca de 1 ano para conferir seu potencial total de proteção.

Eficácia: Quando comparada com outras vacinas, como a da febre amarela, sarampo e rubéola, cuja eficácia supera 90%, a Dengvaxia (nome oficial da vacina) apresenta eficácia não muito alta, em torno de 65%, sendo ainda menor para o sorotipo 2 (47%). Apesar da não tão expressiva eficácia, os estudos demonstraram que a principal proteção que a vacina confere é contra os casos graves de dengue, como a febre hemorrágica, diminuindo drasticamente o risco de evolução para o quadro grave.

banner250x250

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • http://ultimosegundo.ig.com.br/igvigilante/saude/2016-09-29/vacina-da-dengue.html

Comentários

Texto

Deixe uma resposta