Página Principal > Emergências > Ministério da Saúde dá até dezembro para municípios adotarem o prontuário eletrônico
medico7

Ministério da Saúde dá até dezembro para municípios adotarem o prontuário eletrônico

O martelo foi batido. As prefeituras de todo o Brasil tem até 10 de dezembro deste ano para implementar o prontuário eletrônico no Sistema Único de Saúde (SUS).

500x120-amarelo

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 76% das unidades básicas de saúde ainda registram o histórico do paciente em papel. O uso do prontuário eletrônico permite que o Ministério acompanhe as informações do paciente e como são investidas as verbas do SUS, além de tornar o atendimento mais eficiente.

“Esse prontuário permite não apenas maior agilidade ao dia a dia médico, o qual já é abarrotado de tarefas burocráticas com documentos, como também aumenta o nível de segurança para prescrição de medicamentos, registro e resgate de informações, e revisão de casos, seja no âmbito hospitalar ou legal”, opina Dr. Bruno Lagoeiro, médico do Hospital Pró-Cardíaco RJ.

Caso a implementação não seja feita, o Ministério anunciou que cortará as verbas dos programas Saúde da Família, Brasil Sorridente e para os Centro de Atenção Psicossocial (CAPs).

“A incorporação de um sistema nacional de prontuários eletrônicos, que se comuniquem, de fácil acesso nas redes hospitalares, garante ainda que informações triviais para o tratamento, como o histórico de saúde do paciente, sejam disponibilizadas de maneira fácil e rápida, permitindo com que o médico não dependa apenas do relato do paciente (o qual é leigo e muitas vezes se confunde entre terminologias)”, explica Dr. Bruno.

No entanto, o médico lembra que, apesar da medida ser positiva, o SUS sofre de muitos outros problemas mais graves e que afetam diretamente os pacientes:

“Devemos olhar para outras experiências ao redor do mundo sobre o tema, como EUA e Austrália, e incorporar aquilo que seja condizente a nossa dura realidade do SUS, que hoje possui muitos outros problemas, alguns deles mais graves do que o uso de um sistema eletrônico para atendimento e registro”, finaliza.

Para ler o pronunciamento completo do Ministério da Saúde, clique aqui.

Veja também: ‘Governo vai financiar mais de mil bolsas de residência’

Prontuários nos Estados Unidos

O prontuário eletrônico já é utilizado em quase todos os hospitais e clínicas dos Estados Unidos. Em uma pesquisa feita este ano, médicos apontaram como as principais vantagens do aparelho: facilidade na prescrição e para rever as informações dos pacientes.

Por outro lado, a maior queixa dos profissionais em relação ao prontuário eletrônico é a piora na relação médico-paciente, pois reduz o tempo gasto com o paciente.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER3

Referências:

  • http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/principal/agencia-saude/26106-ministro-da-saude-reforca-prazo-para-municipios-adotarem-o-prontuario-eletronico
  • http://www.medscape.com/features/slideshow/public/ehr2016?src=ban_dne_1609_mscpmrk_ehr&uac=148263FR&impID=1221560&faf=1#page=17

Comentários

Texto

Deixe uma resposta