Página Principal > Emergências > Suplementação de ferro em pacientes críticos com anemia é eficaz?
celulas-sangue

Suplementação de ferro em pacientes críticos com anemia é eficaz?

A anemia afeta de 60 a 80% dos pacientes internados em UTIs. Transfusões de sangue continuam a ser a base do tratamento para a anemia, mas estão associados a riscos e são caros. Uma nova pesquisa avaliou a eficácia e segurança da suplementação de ferro em pacientes adultos anêmicos em UTI.

500x120-usuarios

Pesquisadores analisaram cinco ensaios clínicos randomizados, com um grupo diversificado de pacientes críticos, comparando ferro por qualquer via com placebo/ nenhum ferro.  Os resultados mostraram que:

  • Não houve diferença nos requisitos para transfusão de concentrado de hemácias alogênico (risco relativo de 0,87, IC de 95% para 0,70-1,07, p = 0,18, nos cinco ensaios)
  • Não houve diferença no número médio de unidades transfundidas (diferença média – 0,45, IC de 95% para -1,34 0,43, p = 0,32, nos dois ensaios) em pacientes recebendo ou não ferro
  • Não houve diferença entre os grupos em hemoglobina a curto prazo – até 10 dias (diferença média – 0.25, IC de 95% para -0,79 a 0,28, p = 0,35, nos três ensaios) ou no acompanhamento a médio prazo (diferença média – 0,21, IC de 95% para -0,13 a 0,55, p = 0,23, em três ensaios).
  • Não houve diferença nos desfechos secundários de mortalidade, infecção hospitalar ou duração da estadia.

Os pesquisadores não encontraram evidências de que a suplementação de ferro, quer por via intravenosa ou oral, para tratar a anemia em pacientes críticos reduz reduz necessidade de transfusão de concentrado de hemácias ou aumenta a concentração de hemoglobina.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER6

Referências:

  • Iron Supplementation to Treat Anaemia in Adult Critical Care Patients. A Systematic Review and Meta-analysis. Crit Care. 2016;30(306)

Comentários

Texto

Deixe uma resposta