Página Principal > Emergências > 4 recomendações para Terapia Intensiva

4 recomendações para Terapia Intensiva

Como parte da campanha Choosing Wisely, a Academy of Medical Royal Colleges, no Reino Unido, identificou procedimentos que são muito utilizados, mas não trazem benefícios reais para o paciente. Veja abaixo quatro recomendações para Terapia Intensiva:

500x120-rosa

1) Suporte de vida para pacientes com alto risco de morte ou com recuperação funcional severa não deve ser oferecido. Uma discussão com os pacientes e suas famílias deve se concentrar nos objetivos de cuidados de conforto.

2) Testes e investigações só devem ser feitos para responder a uma pergunta específica e não rotineiramente.

banner250x250

Outras recomendações da campanha Choosing Wisely:

– 5 recomendações para procedimentos cirúrgicos
– 4 recomendações para Emergências
– 5 recomendações para Ginecologia e Obstetrícia
– 4 recomendações para Pediatria
– 4 recomendações para Psiquiatria

3) Transfusões de sangue só devem ser administradas quando a hemoglobina é inferior a 70 g/L. As transfusões de sangue podem ocorrer acima deste nível, quando o paciente é hemodinamicamente instável ou com sangramento ativo.

4) Doentes em ventilação mecânica podem não necessitar de sedação profunda e, quando possível, exames diários para aliviar a sedação devem ser feitos.

A Academy of Medical Royal Colleges reúne 21 instituições de ensino de medicina no Reino Unido. A ação contou com profissionais de 11 especialidades e faz parte da campanha Choosing Wisely, que busca fomentar o diálogo entre médicos e pacientes a respeito das melhores opções de tratamento.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • http://www.choosingwisely.co.uk/i-am-a-clinician/recommendations/

Comentários

Texto

Deixe uma resposta