Página Principal > Cirurgia > Destaques da nova diretriz da OMS para redução do risco de infecção de sítio cirúrgico
exame

Destaques da nova diretriz da OMS para redução do risco de infecção de sítio cirúrgico

Infecções de sítio cirúrgico são causadas por bactérias que entram através de incisões cirúrgicas na pele, seja causando infecções cavitárias ou orgânicas, ou mesmo causando infecção na própria ferida operatória.

500x120

Infecção de sítio cirúrgico é um assunto de saúde pública de alto impacto em indicadores sociais e de alto custo na saúde global. Em países de renda baixa e média, 11% dos pacientes submetidos à cirurgia são infectados no processo. Na África, até 20% das mulheres com cesárea contraem uma infecção da ferida operatória, comprometendo sua própria saúde e sua capacidade de cuidar de seus filhos.

O impacto do tema não se restringe apenas aos países pobres. Nos Estados Unidos, contribui para mais de 400 mil dias extras de internação hospitalar/ano, a um custo adicional de US$ 900 milhões por ano.

A Organização Mundial de Saúde acaba de publicar sua diretriz de redução do risco de infecção de sítio cirúrgico, recomendando um conjunto de boas práticas a serem adotadas pelas equipes de saúde. Listamos abaixo recomendações que merecem destaque:

  1. O sítio cirúrgico deve ser lavado e enxaguado, mas não se deve depilar a região, pois a depilação pode causar microlesões na pele que podem aumentar o risco de infecção;
  2. Antibióticos profiláticos não devem ser utilizados após a cirurgia, apenas antes e durante o procedimento;
  3. Pacientes a serem submetidos a cirurgia devem seguir protocolos de controle glicêmico em todo o perioperatório, independente de serem diabéticos ou não;
  4. Tratamento de feridas por pressão negativa deve ser sempre considerado para o tratamento de feridas de alto risco (ex.: tecidos de baixa perfusão devido a lesões de pele e partes moles adjacentes) em incisões de fechamento primário;
  5. O uso de suturas recobertas por triclosan é recomendado para todos os tipos de cirurgia.

Para mais informações, visite: http://www.who.int/gpsc/ssi-guidelines/en/.

250-BANNER6

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Comentários

Texto

Deixe uma resposta