Página Principal > Cardiologia > Episódios curtos de fibrilação atrial aumentam risco de AVC?
Depositphotos_79390484_m-2015

Episódios curtos de fibrilação atrial aumentam risco de AVC?

Está claro que a fibrilação atrial (FA) aumenta o risco de eventos embólicos sistêmicos (incluindo AVC), mas se o risco aumentado depende de uma densidade limiar de FA é incerto.

500x120-amarelo

Diversos estudos demonstraram um risco aumentado para eventos embólicos sistêmicos com FA > 5 minutos. Para esclarecer se os episódios mais curtos de FA também estavam associados a esses eventos, pesquisadores examinaram os dados de um registro prospectivo com 5.379 pacientes com marcapasso permanente de dupla-câmara ou cardioversor desfibrilador implantável (CDI).

Os episódios breves de FA foram definidos como aqueles inteiramente capturados em um único traçado de eletrocardiograma (vários dispositivos registram períodos de tempo diferentes, mas, em geral, episódios curtos duram < 10 a 20 segundos).

Veja também: ‘Fibrilação Atrial: conduta médica’

Em um seguimento médio de 23 meses, 837 doentes tiveram eventos clínicos (morte, visita ao serviço de emergência ou internação por insuficiência cardíaca, arritmia auricular ou ventricular, AVC ou ataque isquêmico transitório e síncope); 53 tiveram ataque isquêmico transitório/AVC. Em uma amostra aleatória de 600 pacientes, 50% tiveram, pelo menos, um episódio de taquicardia atrial ou FA.

Pacientes com eventos clínicos foram mais propensos a ter taquicardia atrial/FA longo (pacientes com marcapasso 32% vs. 22%; pacientes com cardioversor, 29% vs. 20%), mas não houve diferenças no grupo para taquicardia atrial/FA breve (marcapasso 5% e 8%; cardioversor 12% e 10%).

Este ensaio fornece alguma evidência de que os episódios de FA < 20 segundos não aumentam o risco de AVC ou outros eventos clínicos. Nestes indivíduos, portanto, os riscos de anticoagulação superam seus benefícios.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

banner250x250

Referências:

  • Clinical implications of brief device-detected atrial tachyarrhythmias in a cardiac rhythm management device population: Results from the registry of atrial tachycardia and atrial fibrillation episodes. Circulation 2016 Oct 18; 134:1130. http://dx.doi.org/10.1161/CIRCULATIONAHA.115.020252
  • http://www.jwatch.org/na42637/2016/11/07/very-brief-atrial-fibrillation-episodes-unlikely-increase

Comentários

Texto

Deixe uma resposta