Página Principal > Neurologia > Posso mobilizar paciente com AVC?

Posso mobilizar paciente com AVC?

A mobilização precoce de pacientes com AVC é recomendada em muitas diretrizes. No entanto, o impacto desse método ainda não é claro, especialmente no que se refere ao tempo adequado.

500x120-amarelo

Em um artigo publicado na The Lancet, pesquisadores compararam a efetividade da mobilização muito precoce com os cuidados usuais pós-AVC, através de um estudo randomizado controlado em 56 unidades especializadas de cinco países diferentes, totalizando 2.104 indivíduos.

Os participantes (idade ≥ 18 anos) tiveram acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico, primeiro ou recorrente, e foram randomizados para receber cuidados usuais ou mobilização muito precoce + cuidados usuais. Os resultados foram:

  • Menos pacientes no grupo de mobilização tiveram um desfecho favorável do que aqueles no de cuidados usuais (46% vs 50%; [OR] 0,73; IC 95% – 0,59-0,90; p = 0, 004);
  • 8% dos pacientes no grupo de mobilização morreram, em comparação com 7% no de cuidados usuais ([OR] 1,34; IC 95% – 0,93-1,93; p = 0,113);
  • 19% dos pacientes no grupo de mobilização e 20% no de cuidados usuais tiveram um evento adverso grave não fatal, sem redução das complicações relacionadas à imobilidade.

Veja também: ‘AVC hemorrágico: dicas para o manejo clínico’

A primeira mobilização ocorreu em 24h para a maioria dos pacientes neste estudo. O protocolo de mobilização muito precoce foi associado com uma redução na probabilidade de um desfecho favorável aos 3 meses. Estes resultados levantam questionamentos importantes para a prática médica. O que as evidências apoiam até agora:

Quando é o melhor momento para iniciar a reabilitação após um acidente vascular cerebral?

Revisões sistemáticas e metanálises mais recentes mostraram um forte efeito positivo para o exercício pós-AVC, incluindo uma associação positiva entre melhor resultado e tempo reduzido para início. Pacientes com maiores ganhos funcionais e de mobilidade receberam o tratamento com início em até 30 dias após o AVC. Os ganhos foram ainda maiores nos estudos com início do tratamento nas primeiras duas semanas após o incidente.

Qual deve ser a frequência diária média de sessões de fisioterapia?

Existe uma relação de ganho direto na funcionalidade do paciente quando se aumenta o tempo de fisioterapia, principalmente nos primeiros seis meses. O estudo aponta uma dosagem média de sessão de fisioterapia de 57 minutos.

E mais: ‘Os principais pontos da atualização nas diretrizes de prevenção do AVC’

Existe diferença de acordo com o tipo de AVC?

Todos os pacientes com sequelas se beneficiam do tratamento de fisioterapia, independente do tipo de AVC. No entanto, indivíduos com comprometimento mais grave são os que atingiram curvas maiores de ganhos.

Segundo as diretrizes do AHA e do Ministério da Saúde, a terapia deve acontecer de forma precoce e está recomendada para todos os pacientes pós-AVC.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER3

Referências:

  • Efficacy and safety of very early mobilisation within 24 h of stroke onset (AVERT): a randomised controlled trial. The Lancet. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(15)60690-0
  • ABNews. www.abneuro.org

Comentários

Texto

Deixe uma resposta