Página Principal > Ginecologia e Obstetrícia > Mulheres com distúrbios do sono têm maior risco de hipertensão e diabetes

Mulheres com distúrbios do sono têm maior risco de hipertensão e diabetes

Os distúrbios do sono, como a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), apresentam uma prevalência que varia entre 5% e 30%, dependendo da população. Recentemente, um grupo de pesquisadores avaliou como os efeitos desse distúrbio podem afetar as gestantes.

[ads position=”top”]

Para este estudo de coorte prospectivo, 3.306 mulheres nulíparas foram submetidas a avaliações da respiração durante o sono, no início (6-15 semanas) e no meio (22-31 semanas) da gestação. O desfecho primário foi aumento da incidência de pré-eclâmpsia e o secundário hipertensão e diabetes.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Distúrbios do sono ocorreram em 3,6% das participantes no início da gestação e em 8,3% no meio. Essas mulheres apresentaram o dobro de risco de desenvolver pré-eclâmpsia e três vezes o risco de diabetes, aumento da massa corporal e hipertensão.

Com base nos achados, os pesquisadores acreditam que existe uma associação independente entre os distúrbios do sono e pré-eclâmpsia, hipertensão e diabetes.

Veja também: ‘Exosomas, nossos pequenos mensageiros, e a SAOS. Qual a relação entre eles?’

A Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas (CPAP), tratamento comum para os distúrbios do sono, diminui o risco de hipertensão crônica. Os pesquisadores concluem que, a partir destes resultados, são necessários mais estudos para avaliar se o CPAP pode melhorar também os desfechos da gestação nessa população estudada.

Distúrbios do sono e o AVC

Os distúrbios do sono são predominantes em pacientes que sofreram AVC. Estudos recentes sugerem que eles são tanto um fator de risco, como uma consequência, afetando a recuperação e a recorrência. Uma avaliação, publicada na revista Neurology, analisou os tipos de distúrbio observados no AVC, suas associações com risco de novos incidentes e os efeitos do tratamento. Veja tudo aqui.

Referências:

  • Facco F et al. Association between sleep-disordered breathing and hypertensive disorders of pregnancy and gestational diabetes mellitus. Obstet Gynecol 2017 Jan; 129:31. (https://dx.doi.org/10.1097/AOG.0000000000001805)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.